Siga por e-mail

segunda-feira, 8 de março de 2010

GTX "de pista" ...



Consegui um manual para o meu GTX vermelho indianápolis ... O GTX tinha um manual só dele, não usava o mesmo do Esplanada e do Regente.

A capa é o máximo ... Um GTX na pista e dois pilotos conversam ao lado dele ... Outro detalhe ... O GTX já tinha pneus radiais, coisa que o seu sucedssor Charger R/T só ganhou em 1978 !

Abraços,

Badolato

5 comentários:

  1. Rapaz... Se tivesse te conhecido antes poderia te ajudar...

    Meu pai, piloto do LS #29, teve um GTX quando era novo... devo ter fotos, mando se encontrar...

    E ele tem até hoje o manual do carro... preciso perguntar pra ele que cor que era o carro, mas acho que era vermelho com as faixas pretas...

    Antes que perguntem o destino do carro, a noite passeando com a namorada em um cruzamento um galaxe passou o vermelho e pegou o GTX em cheio, acabou com o carro... Até foi restaurado, mas meu pai perdeu o gosto pelo carro e vendeu...

    Abraço
    Carlos Eduardo Szépkúthy

    ResponderExcluir
  2. Carlos,

    Estou restaurando 2 GTX, um vermelho indianapolis e um azul le mans ... Se tiver fotos vou adorar !

    É um carro de baixíssimo índice de sobrevivência com itens exclusivos, como as rodas cromadas aro 15, volante de 3 raios, bancos individuais ..

    Aguardo as fotos !

    Abraços,

    Badolato

    PS - O azul Le Mans ainda não tem manual ... risos ...

    ResponderExcluir
  3. ESCLARECENDO UMA DÚVIDA DE MUITOS:
    O que muita gente não sabe até hoje é, definir quando a chrysler usou pneus radiais no charger, mas aqui vai a resposta:
    Sabe se que no esplanada apenas GTX tinham eles de série, (opcional em outros modelos), os pneus radiais eram opcionais da linha dodge DART/CHARGER desde 1969 no dart, e 1971 no charger, ja os primeiros radiais de série só surgiram em 1978 (apenas por esse ano).

    O simca esplanada GTX é considerado por muitos o pré-charger R/T com, faixas na pintura esportiva, volante esportivo 3-raios, cambio 4 marchas no asoalho, bancos individuais reclináveis, rodas comadas ao 15, pneus radiais pirelli 185-15, freios a tambom (infelizmente) fazia de 0 a 100 km/h em 15 segundos e chegava aos 165 km/h, segundo mais rápido nacional, atrás do opala 3800.
    Opcionais: teto em vinil, faróis auxiliares de longo alcance e falsas entradas de ar no capô
    motor de 130 HP @ 5.200 rpm
    torque de 21 m.kgf @ 3.300 rpm
    carburador de corpo duplo DFV
    4,76 de comprimento, 2,69 de entreeixos
    e 1310 kg.

    ResponderExcluir
  4. Ninguém segura este moleque! kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. camarada,
    obrigado pela gentileza de permitir partilhar este momento tão importante com vocês. votos de saúde e felicidade a todos.
    ettore ? você não está colecionando a marca errada ? ... nasser

    ResponderExcluir