Siga por e-mail

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

É hora de importar !


Caros,

Todos sabem da vocação do projeto Museu do Dodge: preservar os Dodges NACIONAIS, produzidos pela Chrysler do Brasil de 1969 a 1981 ...

Porém temos que ter bom senso.

A situação de preços de peças e serviços, aliada à dificuldade de encontrar bons profissionais, faz com que uma restauração de um Dodge seja quase inviável.

Principalmente para quem não tem um projeto de Museu e quer simplesmente ter um, dois ou três carros para curtir ...

Quantas histórias trágicas conhecemos de gente que coloca o carro num funileiro e o carro fica lá, 2, 3, 4 anos ??? O cara pede uma entrada de 40%, 50% ... Desmonta o carro todo e ... abandona ele num canto da oficina ...

Mas se o cara der a sorte de ter bons profissionais, como eu tenho (sorte nada, procurei pra caramba !!!), ainda vai cair no problema das peças:

R$ 3.000 num par de lanternas
R$ 1.500 num chapão traseiro de Charger 73/74
R$ 3.000 num jogo de rodas rallye meia boca com calotinhas plásticas mais ou menos ....

Além das peças que não existem, como laterais de porta, forrações de banco, etc ....

Qualquer detalhezinho custa R$ 100, 200, 300 reais ... Se vc colocar na ponta do lápis, uma restauração sai R$ 50.000 , 60.000 , 70.000 fácil ....

Enquanto isso nos EUA, ainda meio em rescessão, tem um monte de carro legal, em excelente estado, modelos raros e inexistentes aqui, por preços muito convidativos ! Mesmo com os pornográficos impostos que pagamos ....

Dei uma olhada na internet, para achar algum carro para ilustrar este raciocínio ... Cheguei neste raro Plymouth Duster Twister 1974 ... O carro custa US 12.000, ou seja, cerca de R$ 20.000 .... Com os impostos chega aqui em torno de R$ 60.000, até menos ....

Detalhe ... Um carro totalmente original que em 60 dias está aqui para você curtir muito, sem dor de cabeça de restaurações.   

Eu estou impressionado com a qualidade dos carros que tem chegado aqui ... Esta semana rodei direto com o Dart 67 2 portas que trouxe ... Uma delícia ...

Considerem a idéia ... A hora é agora, dólar baixo, preços baixos nos EUA, legislação liberando a importação ... Sabe-se lá até quando ...

Quem quiser alguma informação, estou à disposição.

Abraços,

Badolato

















15 comentários:

  1. Muito lúcido o seu comentário Badolato.
    Me admira a ausência de profissionais competentes para ocupar esse importante nicho de mercado. Com informação abundante, facilidade de comunicação, produtos de alta qualidade e ferramentas muito aprimoradas, o que mais falta é a mão de obra!

    ResponderExcluir
  2. EU NÃO CONSIGO ENTENDER COMO NINGUÉM AINDA NÃO FABRICOU MATRIZES PARA ESTAMPAR BANDEJAS DE ASSOALHOS OU PONTAS DE PARALAMAS OU SEI LÁ REMENNDOS DOS PONTOS QUE SEMPRE APODRECEM, NA MINHA OPINIÃO É O MAIS DIFICIL DE FAZER A MAIORIA DOS CARAS QUEREM POR CHAPAS RETAS, ISSO QUANDO NUM PASSOCAM O CARRO DE MASSA!
    ESTAVA OBSERVANDO UM BALCÃO DE UMA AUTO PEÇA E VI BANDEJAS DE ASSOALHO DE OPALA, FIAT 147, PONTA DE PARALAMA DE DIVERSOS CARROS.
    FIQUEI CURIOSO E PERGUNTEI O PREÇO DA BANDEJA DO ASSOALHO DO OPALA 78 FIQUEI PASMO O CARA COBROU R$30,00 ( DA MARCA ZITO PEREIRA)!
    SE FOSSE DE DODGE E O CARA ME COBRASSE 100 CONTOS EU PAGAVA !
    BOM PRA QUE JÁ ESTAMPA OUTRAS PEÇAS SÓ SERIA NESCESSARIO O ESTAMPO!
    SEM CONTAR AS LATERNAS JÁ V UM MONTE DE LANTERNA DIFERENTE PARA DIVERSOS CARRO , SE ESSES CARAS FAZEM UM TIPO DE LANTERNA CERTAMENTE CONSEGUIRIAM FAZER AS DE DODGE !
    E JÁ QUE TOCAMOS NO ASSUNTO UM AMIGO MEU LIGOU NA MANGELS E PERGUNTOU SE ELES FABRICAVAM AINDA AS RODAS CRAGAR E RESPONDERAM PARA ELE: MAIS TEM PROCURA DESSAS RODAS AINDA? IMAGINA SE ESSES CARAS ESTAMPASSE AS MAGNUM 500 OU RALLYE!!!
    NÃO SEI SE ESTOU FALANDO MER...... SEI LÁ, ACHO QUE TEM MUITA OPORTUNIDADE DE SE GANHAR DINHEIRO POR AI !!!

    ResponderExcluir
  3. Verdade, ainda mais q o dólar está 'barato'...
    O preço de certos carros e peças/serviços está um absurdo, e já faz um bom tempo... mas acredito q a coisa não pode se manter assim, naturalmente tende a ficar mais coerente(espero eu).

    ResponderExcluir
  4. No brasil restauração de Chrysler só existem apenas dois lugares pra isso: galera do Mopar Nationals e os Clubes de V8 ou Dodge!
    O resto é importar... Se os Gringo pelo menos soubesem da existencia de Dodges Nacionais Brazillis poderiam no ajudar e muito!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Importar é o caminho!!!!Pelo preço de 1 Toyota Corolla novo,pode-se trazer os melhores e mais lindos carros do mundo!!!!Dá pra acreditar!!!!

    ResponderExcluir
  6. O momento é extremamente propício para trazer excelentes e raros carros que nunca deram as caras por aqui, como vc. mesmo disse, Badola...
    Eu mesmo pretendo partir para um plano desses num futuro não muito distante para ter um par com nosso Dart Sumatra...
    Queria achar uma picape/SUV Mopar, minha preferência seria uma RamCharger dos anos 70, aquelas do tipo Blazer com capota removível...Imagina só que tesão andar com uma dessas, Big Block ???
    Ainda acho uma...

    ResponderExcluir
  7. Segui pelo mesmo caminho. Sempre gostei mais dos modelos nacionais, mas não dá pra pagar o que andam pedindo nem para se aventurar em dolorosas restaurações; a da minha Caravan durou 3 anos e custou mais do que um popular 0km. Trouxe um MGB pelo que eu pagaria em um Opala SS 1972, por exemplo.

    ResponderExcluir
  8. Quando se trata da Lei da Oferta e da procura, todos sabem o que acontecem com os preços.Se pegarmos a proporção de Dodges Fabricados no Brasil e de Dodges Fabricados nos EUA, veremos o motivo dos nossos preços estarem da forma como estão. Lá se vão quase 30 anos da fabricação do último dodge e 41 anos do primeiro dodge aqui no Brasil. A quantidade de modelos e carros fabricados lá fora é de deixar qualquer dodgeiro de boca aberta, principalmente em se considerando que por aqui devemos ter ficado por volta de 92.500 a 93.000 carros. Está ai uma idéia eu queria ter das opções opções que temos de trazer carros lá fora: Deve dar uma bela lista de carros, ...que tal Badolato?, fazer uma lista de modelinhos a serem importados: Buick, Dodge Coronet Super Bee, Demon, Challengers, Charges, Rallye, ...., chegará o dia de vermos na rua os modelinhos da Hoot Wheels fritando asfalto por aqui....Foi o que eu pensei essa semana quando o dólar atingiu 1,65.

    ResponderExcluir
  9. Nunca mais restauro um carro. A restauração do meu dart coupé 73 está um inferno. O carro vai me custar pronto quase 60 paus, e ele ainda será um dart coupé 73 que não pega 30 mil. Faço pois amo o meu carro e vou até o fim, mas nunca mais abraço outro. Quem vai comprar um nacional, que compre um pronto a seu gosto. Fiz isso com meu r/t 76, paguei caro mais o caro saiu barato, só fiz manutenção preventiva. Funileiro e pintor são a pior raça que existe, salvas raras exceções. Só cuidado para não comprar gato por lebre. Tem muito esperto vendendo pizza aos inocentes apaixonados.

    ResponderExcluir
  10. Complementando, se o carro for um full size, sai mais barato ainda. Você pode conseguir um Cadillac ou um New Yorker, ou coisas do gênero, muito barato. Os Chargers 71 são bem mais em conta que as lendas 68-69-70. E o legal 'q que se compra tudo zero para deixar o carro lindo.

    ResponderExcluir
  11. Na linha dos muscle, só me atrai o Charger 67. Um pouco mais antigo, gostaria de ter um Plymouth 57. Sempre acompanho o ebay e fico babando! Os carros por restaurar lá são ótimos e de graça! Carros muito íntegros, é só dar uma pintura e oba!

    ResponderExcluir
  12. O problema é que importar também traz dores de cabeça, na grande maioria dos casos. Tem que abrir o olho, se certificar que o carro é o que se está procurando, e pegar um profissional com boas recomendações pra fazer a importação. Abraço, JAmes

    ResponderExcluir
  13. No futuro o nosso amigo Badola,terá que construir um outro galpão vizinho ao já existente, para colocar preciosidades americanas!!Já imaginaram,será igual ao embarque de um aeroporto!!!!ALA NACIONAL e ALA INTERNACIONAL!!!!

    ResponderExcluir
  14. Só pra registrar, graças a Deus possuo um Magnum 79 impecavel e o pouco de experiencia que tive em sua restauração, não fugiu a regra. GRANA, GRANA E MAIS GRANA. Aí , resolvi restaurar um Opala SS 1975, mais antigo que meu Magnum. Lanternas R$ 9,00, todas as Borrachas com e sem pestanas, suspenssão, etc R$390,00 TUDO. Bomba de Gasolina R$ 30,00, acabamentos TODOS NOVOS, Parachoque R$ 90,00 . Eu achei peça desse opala eté em Supermercado. Vai entender....

    ResponderExcluir
  15. Badolato
    Você dá assessoria para importação de carros antigos?
    Grato.
    Pedro

    ResponderExcluir