Siga por e-mail

sábado, 30 de outubro de 2010

Novo Lar do R/T 72



Caros,

Hoje pulei da cama às 6:00 da madrugada para levar o R/T 72 para Santos. Uma delícia Dodge na estrada ... Ainda mais um Charger R/T 72 ... Mais ainda um Charger R/T 72 impecável ...

Na descida da serra, um carro quase se acidentou (de verdade), pois o motorista enfiou o pescoço inteiro para fora da janela para ver o R/T passar ...

Impressionante o que este carro chama atenção !




Já em Santos, uma paradinha para uma última foto ... Até que o medigo / guardador que está sentado na foto, vem correndo como um louco gritando:

- Dodge Charger R/T !! Eu tive um carro desses !!!

O velho não parava de falar, até perceber que eu ia embora e me pedir uns trocados ... De toda forma, é impressionante o que um carro com produção tão reduzida marcou a vida das pessoas ... Por onde vc anda as pessoas te comprimentam, buzinam, gritam, perguntam se é um Galaxie, etc ...

Encontrei com o Pedrão dos Dodges e fui ver a coleção de Chargers dele ... Bom, uma imagem vale mais do que mil palavras ... 5 imagens então ....






Abração,

Badolato

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Charger R/T 72

Caros,

Há algum tempo atrás decidi vender alguns carros "repetidos" do acervo do Museu ... Coloquei repetidos entre aspas pois cada carro é único, cada carro tem um história, cada carro tem suas características próprias ... Mas o caso é que decidi vender modelos repetidos para poder diversificar, seja em modelos, seja em cores ...

E uma da jóias que coloquei a venda foi um Charger R/T 72 verde igarapé, com apenas 109.000 km e muito original ...

Acabei vendendo para uma pessoa que de cara, pelas afinidades todas, virou meu amigo ... E ele me pediu para que fizesse algumas melhorias no carro. Melhorias feitas, amanhã o R/T 72 vai embora, lindo, majestoso, arrebentando os pescoços de quem passa na rua ....

Tomou um banhinho no final da tarde e veio passar a última noite aqui em casa ... Amanhã já vai estar na casa nova !









Enquanto o R/T 72 verde igarapé se preparava para ir, o R/T 72 vermelho xavante avança no seu processo de salvamento ... O carro havia sofrido alterações na parede de fogo e no tunel, para receber uma mecânica Hemi moderna ... Bom, hoje o novo tunel já caiu fora, dando espaço para a volta do tunel original ...



Em 2011 o agressivo xavante voltará às ruas, em sua melhor forma ...

Carros que vem, carros que vão ... O importante é que eles vão sendo preservados, melhorados e cada dia mais parecidos com o dia que sairam de fábrica ... E criando amizades a cada dia ...

Forte abraço,

Badolato 

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Linha de Montagem Chrysler Esplanada

Caros,

Nosso amigo Cesar Carioca, baluarte da história da Chrsyler do Brasil, nos conseguiu mais uma pérola: uma fotoi da linha de montagem da Chrysler em 1969 ...

Não se sabe quais são as circunstâncias desta foto ... Seria o final da montagem da linha Esplanada ? Mas ainda tem bastante carro em produção ...

Outra pergunta ... Se a linha de montagem fica a direita da foto, o que estão fazendo estes carros do lado esquerdo ? Alguns ajustes após a linha ???

Curtam ... e viajem !!

Abraços,

Badolato



terça-feira, 26 de outubro de 2010

Os sucessores do Dodge Dart e Plymouth Valiant: Dodge Aspen e Plymouth Volare

Caros,

Já que o Duster 79 chegou, segue alguma informação sobre os sucessores do Dart (e Valiant): Aspen e Volare ...

Em 1976 a Chrysler apresenta (na verdade no final de 75, como linha 76) a nova carroceria que substituiria os A-body: os F-body ! Na versão Dodge, o Aspen, e na versão Plymouth, o Volare.

Para a linha 76 a Chrysler manteve o sucedido junto com o sucessor, neste folder da linha 76 se vê o Dodge Dart junto com o Dodge Aspen:


O carro vinha em 3 versões de carroceria: Um elegante coupé, um sedan bem tradicional e uma perua meio sem graça.

Abaixo o Aspen Coupé 1976, primeiro ano de produção:

E abaixo um Aspen Sedan, numa bela configuração saia e blusa que dá um atrativo a mais ao carro. Notem também as calotas que foram utilizadas nos nossos Le Baron. 



O Aspen tinha a difícil missão de susbtituir o confiável Dodge Dart e foi lançado como o carro da família do futuro. O carro realmente era muito moderno para a época.

Porém nem tudo foram flores ... Da mesma forma que a Chrysler do Brasil fez com o Dodge 1800, o lançamentodo Aspen / Volare foi um pouco precipitado, e os primeiros carros apresentaram muitos problemas ... Os problemas foram sanados nos meses seguintes, mas em 1977 veio a cajadada no cofre da Chrysler ... Um recall de todos os Aspen / Volare para troca dos paralamas dianteiros que estavam precocemente enferrujando !!!!!!!!! Imagina substituir e pintar centenas de milhares de paralamas !



Mas o carro era tão bom, tão moderno, que conseguiu superar estes problemas iniciais e o carro foi então um sucesso. Mas, impressionante mesmo, era o numero de combinações possíveis entre cores, interiores, motores, rodas, frisos ... É difícil ver um Aspen / Volare igual ao outro !!! Quase igual hoje, em que a miríade de opções de outrora resumem se hoje a duas: prata ou preto ????

Ainda em 77 o Aspen ganha um opcional muito bacana, o T-roof, abaixo em um modelo 1978. Demais não ? 



Interiores coloridos, pintura em dois tons, opera windows, enfim ... muitas opções !

Por fim o Aspen podia também ser um esportivão que enfrentava os Camaros da época de igual para igual ... O Super Coupe e o R/T, com motor 360 e 8.5 /1 de taxa eram muito interessantes:



Comparação com Camaro e Corvette:

Car (with automatic)                                    0-60            1/4 mile Top Speed*


1978 Volare Kit Car 360-4                          7.3 sec           15.9 @ 88 111

1978 Aspen Super Coupe 360-4                  8.1 sec           16.7 @ 85 108
1977 Aspen 360-2 HD                                 8.6 sec           17.4 @ 86.1 115

1977 Camaro Z28 350-4                              8.6 sec          16.3 @ 83.0 105

1977 Corvette L82 350-4                             8.8 sec          16.6 @ 82.0 n/a
1977 Trans Am 400-4                                  9.3 sec           16.9 @ 82.0 110

1977 Volare 318-2 HD                              10.7 sec           18.2 @ 74.4 106




Enquanto isso, na Plymouth Division, o F-Body era o Volare. Se os Plymouth eram mais simples, também eram ainda mais ousados, principalmente nas séries mais exclusivas, que ressuscitaram nomes míticos da marca, como Road Runner e Duster.

Abaixo um Volare Coupé 78, com as calotas que foram utilizadas nos Magnum brasileiros ...



Abaixo o Volare Road Runner, com os grafismos da lataria reproduzidos nos bancos !!!!



E nessa linha de exclusividade é que resolvi trazer o nosso Duster 79 ... Até hoje não achei outro nesta configuração: prata com interior vinho, com a parte inferior da carroceria vinho, opera windows e rodas Magnum !!! Ah, e para matar apenas 5.600 milhas rodadas ... 




Aqui os invocados Road Runner e Super Coupé 78 ... Como se vê, opera windows, capô preto fosco, grafismos exóticos ... Muita coisa legal nestes carros ...




Mas como tudo que é bom um dia acaba, e 1980 a Chrysler deu um chute para fora do estádio com uma pavorosa frente com farol quadrado, que marcou o último ano dos F-body ... Na minha modesta opinião, são bem feios ...

Nas fotos um Aspen 80 e um Duster 80 ....




O interessante é que estes carros que substituíram nossos Dart nunca foram cogitados por aqui ... Foram produzidos também no México e na Colômbia ... No México, curiosamente, o carro continuou chamando Dodge Dart !!

O F-body foram substituídos pelos K-car, mas uma versão da F-body rebatizada de M-body permaneceu viva nos Dodge Diplomat até 1989 ....

De 1976 a 1980, pasmem, 1.847.840 Aspen / Volare foram vendidos ... Isto é 20 vezes mais do que a Chrysler do Brasil produziu aqui de 1969 a 1981 !!!!

Abraços,

Badolato

Duster 79 na área

Caros,

O Duster chegou hoje ... O carro é mais bonito do que eu imaginava ... Os bancos, que nas fotos tiradas com flash pareciam vermelhos, na verdade são vinho ... E o miolo xadrez é de um tecido grosso, muito bonito.

Apesar do entreeixos deste F-Body ser praticamente igual ao do Dart, ele é um pouco menor, um pouco mais compacto ...

As rodas Magnum são lindas e combinaram muito com o conjunto ... Adorei.

Infelizmente não pude matar as lombrigas e andar com o carro pois ele veio sem freio de tudo ... Vazando na roda dianteira ... Paciência ... Aliás, um pouco mais de paciência ...

Sexta-feira devo pegar ele e, aí sim, um sequência decente de fotos.

Abraços,

Badolato

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Viciado em Dart 67 ...

Caros,

Só tenho 3 vagas na garagem do meu apartamento ... Na verdade tenho só 2, consegui alugar uma terceira ...

Desde a semana pré Mopar Nationals, o Dart 67 Sedan 2p está lá em casa, e, admito, estou absolutamente viciado nele ...

Semana passada quase inteira eu andei com ele. Só evito os lugares com manobristas ... Fui em clientes, fui fazer uns exames no Einstein, andei direto ....

Sábado fui no Pão de Açucar fazer umas compras ... Estava com a chave do meu Chrysler na mão, mas não teve jeito ... Fui de Dodge outra vez ... E bati umas fotinhos ....

Infelizmente ele vai ter que sair de casa esta semana, dar lugar para um irmãozinho que está chegando ... Mas que ele trabalhou bastante de um mês para cá, isso sim !

Abraços,

Badolato






sexta-feira, 15 de outubro de 2010

É hora de importar !


Caros,

Todos sabem da vocação do projeto Museu do Dodge: preservar os Dodges NACIONAIS, produzidos pela Chrysler do Brasil de 1969 a 1981 ...

Porém temos que ter bom senso.

A situação de preços de peças e serviços, aliada à dificuldade de encontrar bons profissionais, faz com que uma restauração de um Dodge seja quase inviável.

Principalmente para quem não tem um projeto de Museu e quer simplesmente ter um, dois ou três carros para curtir ...

Quantas histórias trágicas conhecemos de gente que coloca o carro num funileiro e o carro fica lá, 2, 3, 4 anos ??? O cara pede uma entrada de 40%, 50% ... Desmonta o carro todo e ... abandona ele num canto da oficina ...

Mas se o cara der a sorte de ter bons profissionais, como eu tenho (sorte nada, procurei pra caramba !!!), ainda vai cair no problema das peças:

R$ 3.000 num par de lanternas
R$ 1.500 num chapão traseiro de Charger 73/74
R$ 3.000 num jogo de rodas rallye meia boca com calotinhas plásticas mais ou menos ....

Além das peças que não existem, como laterais de porta, forrações de banco, etc ....

Qualquer detalhezinho custa R$ 100, 200, 300 reais ... Se vc colocar na ponta do lápis, uma restauração sai R$ 50.000 , 60.000 , 70.000 fácil ....

Enquanto isso nos EUA, ainda meio em rescessão, tem um monte de carro legal, em excelente estado, modelos raros e inexistentes aqui, por preços muito convidativos ! Mesmo com os pornográficos impostos que pagamos ....

Dei uma olhada na internet, para achar algum carro para ilustrar este raciocínio ... Cheguei neste raro Plymouth Duster Twister 1974 ... O carro custa US 12.000, ou seja, cerca de R$ 20.000 .... Com os impostos chega aqui em torno de R$ 60.000, até menos ....

Detalhe ... Um carro totalmente original que em 60 dias está aqui para você curtir muito, sem dor de cabeça de restaurações.   

Eu estou impressionado com a qualidade dos carros que tem chegado aqui ... Esta semana rodei direto com o Dart 67 2 portas que trouxe ... Uma delícia ...

Considerem a idéia ... A hora é agora, dólar baixo, preços baixos nos EUA, legislação liberando a importação ... Sabe-se lá até quando ...

Quem quiser alguma informação, estou à disposição.

Abraços,

Badolato

















Classic Show nas bancas !!!


Caros,

Chegou as bancas a Classic Show com a matéria do Dodge Dart, que fotografamos lá no Museu do Dodge ....

Prestigiem a revista ... Compre um exemplar a mais para guardar, para presentear ....

Revista com Dodge na capa tem que vender mais do que a média !!!

As fotos ficaram lindas !

Abraços,

Badolato