Siga por e-mail

sábado, 22 de setembro de 2012

Absurdo de uma republiqueta das bananas ...



Caros,

Tem muita coisa que me revolta no Brasil ...

A começar por estes governantes mequetrefes (a palavra está na moda) que estão à frente do Governo Federal nos últimos anos ....

Politizaram empresas públicas, empresas públicas com capital aberto (como a Petrobrás, cagando para os demais acionistas), acabaram com as agências reguladoras (alguém consegue falar ao celular direito aí) e fizeram um grande projeto de se perenizarem no governo, no melhor estilo bolivariano ....

Mas a imbecilidade se mostra mesmo nas pequenas coisas ...

Uma delas aconteceu ontem, 20/setembro/2012 ...

O Museu do Automóvel de Brasília, criado e mantido de forma messiânica por nosso amigo Roberto Nasser (que entre outros feitos criou a placa preta, liberação da importação de veículos com mais de 30 anos, um ferrenho defensor do antigomobilismo), foi brutalmente LACRADO na data de ontem !!!!

O Museu se estabeleceu num prédio público, cedido para o Nasser para este fim ... Transformou-se num grande Museu, com rico acervo da história automobilística, aberto ao público de forma gratuita ... Um projeto de vida do Nasser que abriu mão de muita coisa em sua vida pessoal para viabilizar tal empreitada.

O Ministério dos Transportes quis retomar o prédio para, pasmem senhoras e senhores, para guardar papel velho !!! Exatamente ... Nos autos do processo está clara a destinação pretendida: arquivo morto de órgão extinto !!! Ou seja, estão desalojando o mais importante museu da indústria automobilística brasileira  para guardar papel velho das finadas ferrovias brasileiras ...

Andanças jurídicas para lá e para cá e eis que ontem o Museu foi lacrado ... Os carros não podem ser ligados, não podem ter manutenção, nada ... Conhecendo a velocidade da justiça brasileira, grande chance desta situação se arrastar por muito tempo, causando danos irreparáveis aos carros que estão no Museu ...

Dá patra imaginar ignorância maior ??? Num país que tem a 5a maior indústria automobilística e que NENHUMA montadora se dignou a montar um Museu para preservar parte desta história ????

Já chega o absurdo que foi o desmonte do Museu da Ulbra ... Se o dono tinha problemas com o Fisco, estatiza o Museu e pereniza a obra que havia lá ... Ou será que Canoas tem tantas atrações turísticas que não precisa de um Museu como aquele ????

Minha revolta e indignação é total !

Quem também estiver indignado, assine a petição pública:

http://www.peticaopublica.com.br/Default.aspx?pi=apoiomab

Quem tiver acesso à brilhante Ministra da Cultura poderia comovê-la a fazer algo ....

Por hora o que dá para fazer é mandar um caloroso e fraterno abraço ao Nasser e torcer para que este absurdo se resolva o mais rápido possível, e em caráter definitivo !


9 comentários:

  1. Boa noite Alexandre, acompanho esta confusão toda com o Museu e assinei logo no início da petição com o número 1005, minha indignação manifestei em diversos blogs e meu facebook também. O que mais me revoltou foi ver a pequena manifestação nos comentários de diversos blogs que acompanho, mas se o assunto é saber quem foi melhor piloto de F1, como vi hoje no blog do Flávio Gomes, é de deixar revoltante, quando é para manifestar sobre um assunto sério que envolve nossa memória e história automobilística, aparece meia dúzia de comentários mas quando o assunto é sério e agravante como essa injustiça com o Nasser e o Museu vê lá quantos manisfestaram sua opinião? Meia dúzia. Concordo com todo seu desabafo, pois acompanho sempre seu blog, gosto demais dos V8, já tivemos em minha família Simca Regente e Dodge Dart, mas isso é assunto para outra hora, e vejo sua dedicação em preservar a memória destes magníficos automóveis. Já imaginou o prefeito de sua cidade resolver desapropriar o local do seu Museu e colocar lá um amontoado de papéis da prefeitura. Deve ser assim que o Nasser está se sentido agora. É revolta, indignação e humilhação demais saber que fazem isso com nossa história.
    Sérgio Luiz Donadel - Barra do Garças - MT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio,

      É absolutamente revoltante o que os governos no Brasil (federal, estadual, municipal) fazem para BROXAR quem tem iniciativa ...

      O governo federal é um circo, o estadual é ausente e o municipal uma piada de mal gosto ...

      Só para dar um exemplo que foge da petezada... Estou com um projeto para aprovação na prefeitura de São Paulo há UM ANO, sem qualquer resposta ... Já poderia começar a construir no silêncio da prefeitura, mas se eles pedirem alguma mudança radical a posterior, eu tenho que atender ... Ou seja, pode ser uma enorme dor de cabeça ... Enquanto isso pelos menos uns 10-12 empregos deixaram de ser gerados na obra ...

      A burocracia para se abrir uma empresa, para se manter uma empresa, a burocracia para se PAGAR os impostos ... é de matar ...

      E o mais revoltante é o silêncio ... Dos que não estão nem aí e dos que já se revoltaram tanto que acabaram cansando ...

      Daqui a pouco eu entro para esta última turma ...

      Enquanto isso vou dando minhas cornetadas e tentando manter o Museu da melhor forma possível ...

      Abraços

      Excluir
  2. Badola, me autoriza a copiar seu post e coloca-lo no meu Facebook? Suas palavras foram muito bem colocadas, e espero que comovam mesmo os que não são antigomobilistas, pois é uma questão cultural.

    Geraldo Lima

    ResponderExcluir
  3. O antigomobilismo têm que ficar atento e unido, muitas vezes tenho a impressão que querem nos varrerem da face da terra....e ainda muitas vezes me pego pensando que deveríamos ao invés de importar carros antigos, EXPORTAR o máximo que pudéssemos, assim teriam mais chance de longa sobrevivência. Agora quanto as montadoras por aqui, elas querem só nos sugarem, com apoio do governo, na verdade devem achar os antigomobilistas uns chatos....Na boa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Canibal,

      Não tem jeito ... Quem ainda tiver energia tem que achar um jeito de se equilibrar sem depender de nenhum governante ... E passando por cima das dificuldades ...

      Botam uma estapafúrdia alíquota de 55% de IPI sobre os carros antigos ... Matam empregos de despachantes aduaneiros, guincheiros, despachantes, funileiros, tapeceiros, pintores ... Mas mesmo assim a gente dá um jeito, vai lá e paga ...

      Para mim a maior vingança é conseguir fazer as coisas, mesmo com todos os obstáculos.

      No post de hoje expus como estou pensando em tornar o Museu auto-sustentável ... Vamos ver o que vira ...

      Abraços !

      Excluir
    2. Concordo....no quesito Museu, o negocio para funcionar têm que ser o mais privado possível, e é uma boa abrir o Museu ao publico, mesmo que limitado, para divulgação do trabalho e aliviar os custos de manutenção....como o TATO aqui no sul e o Hollywood. Boa Sorte nessa nova etapa do trabalho !!!!

      Excluir
  4. Morei em Brasília e nem sei quantos Domingos passei neste Museu. Conheci até o Nasser, he,he!Que cada cretino que colaborou com mais este crime contra a memória deste país sem memória morra de câncer, e sem jamais conhecer as bençãos de uma dose de morfina.

    ResponderExcluir
  5. Badolato,

    esse fechamento do Museu de Brasília não tem pé nem cabeça. A um, porque o Museu tem carros muito interessantes e o Nasser é conhecido e respeitado por todos. A dois, porque arquivo morto de órgão extinto não deveria necessitar de tanto espaço (nem de ficar no mesmo espaço, diga-se).

    Lembro de ter lido que o Nasser teria uma audiência com a nova Ministra da Cultura, talvez ao menos para resolver o assunto do Museu ela sirva.

    Abração.

    Reinaldo
    http://reiv8.blogspot.com

    ResponderExcluir