Siga por e-mail

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Design EUA x Brasil - Mais um round ...



Mais um round na comparação dos Dodges americanos e brasileiros que carregavam o mesmo nome em um mesmo ano, mesmo se tratando de carros e carrocerias completamente diferentes ...

Este round é mais apertado, e provavelmente não teremos unanimidade: Charger 72 americano X Charger 72 nacional ! Para o meu gosto, mais uma vitória do brasileiro ...

E viva Celso Lamas !!!

Abraços,

Badolato

7 comentários:

  1. Celso Lamas não ganha de ninguém...
    Humilha todos os estilistas (um pouco menos harley earl nos anos 50 e 60)
    Mas fora isso nosso dodge tem menos potência mas ganha em estilo!!!
    10 X -10 pro nosso dodge!!!

    ResponderExcluir
  2. Para mim o nacional ganhou, não por ser melhor, mas pq a Chrysler americana reformulou totalmente a carroceria de 68-70. Esta carroceria com certeza é um dos carros mais bonitos de todos os tempos.

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Pra mim nenhum dodge que ja vi ate hoje de outros paises ganham dos nossos... realmente sou apaixonado por nossos darts e chargers !! Celso Lamas foi O CARA em matéria de design !!!

    ResponderExcluir
  4. adoro os nacionais mas no caso dos chargers houve empate
    abraços
    tedV8

    ResponderExcluir
  5. o 72 e f... quem viu e ve hoje jamais esquece,brazuca.

    ResponderExcluir
  6. Cara... não é por nada não... mas o modelo americano é bem mais bonito. O brasileiro é muito reto, muito quadradão. Pessoal não gosta muito dos modelos americanos pós 1971. Mas procurem na net imagens do Charger R/T 1971 americano, com os faróis escondidos (passaram a ser opcionais em 1971) e teto de vinil. Esse charger de 71, com esses opcionais, pra mim, supera até mesmo o tão famoso visual dos anos 68-70. Acho ele mais esguio, menos reto, menos quadrado, menos "banheirão", e, ainda assim, passa agressividade, robustez e potência no visual. E por dentro é lindo também. Quanto à comparação dos modelos da imagem acima, eu até entendo a admiração pelo modelo nacional, mas o americano é bem mais bonito.

    ResponderExcluir