Siga por e-mail

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Charger R/T 1971 & 1980 e o Colapso das Vagas


Caros,

Essa semana mais um carro foi pintado ... O R/T 71 amarelo boreal que veio, foi e voltou ....

Para recapitular a história deste carro: comprei ele em Foz do Iguaçu em 2007. O carro era muito zero, mas tinha sido pintado de vermelho com o teto branco, coisa linda mesmo ... kkkk ....

O carro passou um tempo na garagem de casa, depois foi para um galpão aguardar a vez dele de ser restaurado e voltar à sua cor original. Por o tempo passou e nada da vez dele chegar. 

Até que no final de 2010, estava afim de me desfazer de alguns carros "repetidos" e vendi este R/T para o meu amigo Gugu ... Só que o Gugu também não mexeu no carro e um ano depois me ofereceu o carro de volta. Acabei pegando.

                     
                           Charger R/T 71 amarelo boreal, pintado de vermelho ketchup

Como o investimento para trazer ele de volta foi considerável, optei por fazê-lo logo ... Não fazia sentido fazer o investimento para deixar o carro encostado aguardando a vez ...

Foram alguns meses de desmontagem, funilaria, preparação até que no último sábado ele voltou à sua mítica cor original !!
  


Olhando ele lindo assim só me faz pensar por que alguém, por que cargas d'água, trocaria a cor dele !!!!

Bom, agora o carro começa a fase de montagem, a fase mais legal, em que o carro vai tomando forma de carro de novo !!

De uma ponta da linha Charger (1971) para a outra (1980).

Novamente meu amigo Gugu ... 

Meses atrás ele faz um achado inacreditável ! Há 20 anos em uma fazenda, no desconhecido município de Irapuã, um Charger R/T 80 parado !

A história conta que o carro foi tirado zero kilometro em Catanduva e depois comprado por esta pessoa de Irapuã que tinha um projeto de customização para o carro, com mecânica Chrysler moderna, etc ...

Mas o que impressiona é o estado do carro ... A suspensão dianteira parece nunca ter visto um buraco ... O berço não tem um arranhão, as longarinas são impecabilíssimas, o carro é quadrado e vincado ... O Gugu achou o carro na hora certa, antes que ele passasse pela customização à qual o dono de propunha ... O motor matching number em estado aparentemente ótimo, está paracialmente demontado no porta malas ...

Como o Gugu está louco com os Chryslers americanos, acabei ficando eu com o carro ... Que logo será restaurado também ....




Olha que suspensão zero !!


O último assunto do post é o Cataclisma de Vagas !

O prédio do Museu está cheio. Acabei fazendo algo que não queria ter que fazer, acabei colocando carros no corredor central, obstruindo a saída dos carros e impossibiltando a visitação. 


Para completar, um imóvel onde eu posso guardar 6 carros aqui em São Paulo deverá ser desocupado quase que imediatamente para demolição. E eu ainda tenho 4 carros lá ... Dos 4, 2 eu consigo encaixar em outro lugar, mas ainda faltam 2 vagas. A única opção é colocar num estacionamento. Mas a idéia me arrepia. Além dos problemas que tive com estacionamento antes do Museu ficar pronto, não quero mais 2 mensalidades na minha lista de contas para pagar.

Ou seja, preciso me desfazer de dois carros ...

Quem realmente estiver disposto a adquirir um Dodge entre em contato pelo e-mail badolato@globo.com que a gente acha algo que se encaixe ....

Ah, última coisa ... Estou precisando de uma tampa da bomba da direção hidráulica Gemmer, como a da foto. Se alguém tiver uma sobrando, por favor entre em contato ... 



Abraços,

Badolato





21 comentários:

  1. Parabéns pelos carros aí mostrados. Pelo jeito vai ter que fazer mais um local para guardá-los.Consequentemente o terreno vai ganhar mais um açude com peixes, rsrs.Comprei seu primeiro livro só esses dias e não parei até lê-lo tudo. Já vou encomendar o 2º. Realmente é uma epopéia.A propósito qual os modelos de dodges que vai se desfazer e qual os preços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jalufa,
      Legal que gostou do primeiro livro. vai gostar ainda mais do segundo !!
      Abração,
      Badolato

      Excluir
  2. Fala Badolato. Te mandei um e-mail ontem, dá uma conferida. Dos carros, se quiser passar uma lista com breve descrição e uma foto, anuncio pelo MOPAR CLUBE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcel,

      Valeu ! Acho que arrumei uma alternativa para guardar os carros !

      Abração

      Excluir
  3. Olá, Badola.

    Cara, que mundo pequeno! Irapuã é do lado da minha casa, inclusive estive lá semana passada pra tratar da funilaria do meu Dart 72 (acho que encontrei lá os meus anjos da guarda pra mexer no Dodge).

    E enquanto falávamos sobre ele, veio o assunto sobre o carro deste senhor "maluco" do sítio. O qual, eles imaginavam estar ainda por lá. Tá certo que eu preferia os até 78 mas se eu soubesse dele antes do Dr. Gustavo, eu ia, hein?

    Aliás, vc saberia me informar o nome da CSS Chrysler de Catanduva?

    Abração...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alan,

      Então vc conheceu a lenda do "maluco" ? kkkk ... Cada uma né ?

      Abraços,

      Badolato

      Excluir
  4. Badola, mais uma! Que cor ele seria? Pois TA3 eu não encontrei naquela tabela de cores. O TB2 é azul geada e o TA4 é prata Tibet...

    ResponderExcluir
  5. Mais um chega a suas mãos, quanto a cor TA-3 na minha tabela consta como prata Tibet. Agora observando a foto da plaqueta aparece ADHM que seria Ar cond., freio a disco, dir. hid. e câmbio 4 marchas, e a letra V entre os ateriscos? É teto de vinil?????
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leslie,

      Viajaram no V na plaqueta ... Obviamente R/T 80 nunca teve vinil ...

      Fim de feira após a aquisição pela VW ...

      Abraços

      Excluir
  6. Não por isso,eu posso fazer o sacrifício de guardar um na minha garagem pra voce,hehehehe...

    ResponderExcluir
  7. Sensacional o Charger R/T 80 hein!

    Do modelo 80, dizem que só fabricaram 19 unidades. É verdade???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, 19 unidades ...

      Apenas 1 Dodge é mais raro que o R/T 80, o Dart Coupé 1981, com apenas 10 unidades fabricadas !!

      Abraços

      Excluir
  8. Alexandre;

    Eu lhe mandei um e-mail; por gentileza, caso não recebeste, comente aqui no blog.

    Obrigado,
    Fabio.

    ResponderExcluir
  9. Vi o RT 80 pessoalmente quando fui buscar o SE 72, olhei a plaqueta e nem me atentei que se tratava de um RT, pensei que era um Dart.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pier,

      Dart com frente de fibra ? Os quase 500 km de estrada te fizeram mal .. kkkk

      Abraços

      Excluir
  10. 19 R/T 80. 1 transformado, outro quase foi. Ou seja, 10% dos R/T 80 fizeram parte do imaginário dos Shit Foose da vida. Outra estatística, quase 25% dos carros feitos está no Museu. Se sobraram mais 5 por aí, as chances de alguém completar a "estante"com os 10 R/T ficou bem menor, kkkkk!

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vital, Shit Foose foi ótimo, rsrs.

      Abraço

      Reinaldo
      http://reiv8.blogspot.com

      Excluir
  11. Sim, Badola. O pessoal me explicou que ele criou um Landau anfíbio (ainda bem que tive o prazer de não conhecer, hsuhsuhsuhsu) e em parceria com o filho fizeram um avião. Isso msm, um avião - no pasto do sítio - toparia dar uma volta? kkkkkk

    Mas ainda tô curioso pra saber o nome da concessionária Chrysler de Catanduva.

    Abraços...

    Alan...

    ResponderExcluir