Siga por e-mail

sábado, 6 de abril de 2013

A incrível história de um Chrysler Regente 68 modelo 67 ...

Caros,

Às vezes ainda aparecem algumas coisas, algumas situações muito interessantes na nossa vida de carros antigos ... E há umas 3 semanas atrás aconteceu uma muito legal !

Existem algumas pessoas que estão sempre me ajudando, ou indicando peças, ou indicando carros, ou qualquer outra coisa ... Um dos que mais frequentemente me ajuda é o Marcel de Jundiaí ... Mas existem outros ... Um deles é  o amigo Lucas Neves, de Mogi Mirim-SP ...

Há cerca de 2 anos atrás, quando coloquei um post sobre a montagem de uma das Esplanadas GTX, falei sobre a dificuldade em montar estes carros e de como é mais complicado as questão das peças ... Perto de se restaurar um Esplanada, a restauração de um Dodge é fácil fácil ....

Após este post, o Lucas me manda uma mensagem dizendo que havia descoberto 2 Esplanadas num antigo ferro velho de Itapira-SP, que provavelmente haveriam peças úteis nos carros .... Obviamente me interessei, mas não priorizei ... No meio de tanta coisa para fazer, deixei a informação das Esplanadas arquivada na cabeça ... Por dois anos !

Até que, há um mês atrás, o Lucas me procura dizendo que o terreno do ferro velho seria limpo para ser destinado a alguma construção ... e que se eu não fosse lá ver os Esplanadas rapidamente, eles seriam vendidos a kg, para sucata ....

Opa, não podia deixar escapar essa ... Achei um dia na semana e sacrifiquei o trabalho do dia ... Seria para uma boa causa ...

Era uma quarta-feira ... Saí de casa cedo, peguei o Jeferson em Osasco e fui para Mogi Mirim encontrar o Lucas ... De lá para Itapira ...

Aí sim fiquei sabendo de detalhes da história ...

O tal ferro velho não era exatamente um ferro velho, mas a base de um antigo guincheiro, que era possivelmente o único guincheiro de Itapira na década de 70 ... Qualquer carro que quebrasse na cidade, era ele quem ia guinchar ...

Em algum momento ele achou que seria uma boa idéia se oferecer para comprar os carros quebrados que guinchava, para no futuro arrumar e vender ... E com isso foi acumulando carros no terreno que usava como base para o guincho ...

Juntou muitos, uns 30 pelo menos ... E, em algum momento passou a esporadicamente desmontar alguns e vender peças também ...

Ainda conforme me contaram, em algum momento ele sofreu um acidente e passou a ter limitações físicas, o que dificultava a continuidade da atividade com os carros ... A partir daí os carros ficaram no terreno, fechados, abandonados ...

O nosso protagonista então faleceu há algum tempo e os familiares agora estavam desocupando o terreno ...

Enfim chegamos na porta do local, fechado por um portão ... A cena era no minimo pitoresca ... Vários carros debaixo de árvores, uma mar de peças debaixo de uma cobertura e, pelo portão da frente, nem sinal das duas Esplanadas ...


O Lucas então me tranquiliza, dizendo que as Esplanadas estavam no fundo do terreno, uma delas inclusive, era o único carro que foi guardado no coberto ...

A minha intenção era conseguir algumas peças para ajudar na montagem da GTX 69 azul Le Mans ... Precisava de um radiador e mais algumas coisas ... Mas naquele momento eu percebi que havia a chance de que pelo menos uma delas fosse algum modelo interessante ...

E o que seria um modelo interessante ??? Ou um GTX (que certamente não era), ou uma Esplanada 2 faróis, carro interessantíssimo e raríssimo, pelo qual sempre tive atração ...

Eis que o neto do antigo dono daquilo tudo chega e, muito atencioso, abre os portões ... Abria a Porta da Esperança ... Me deu até uma tremedeira entrar naquele lugar sem saber bem o que me esperava lá ...

A primeira Esplanada, a que estava no coberto, batia com a descrição do Lucas ... Era uma Esplanada 1969 ... A cor eu até agora não sei dizer, de tão queimada e desbotada que ela estava ... Azul ou verde, sei lá ... Ainda não fiz a autópsia da dita cuja ...


O carro, apesar de estar no coberto e relativamente alinhado, não tinha atrativos ... Estava sem mecânica e no interior havia uma miríade de peças e lixo sobre os bancos originais ... O carro deve ter parado lá muito inteiro, há 30 ou 40 anos atrás ... 

Se a descoberta da primeira Esplanada não me animou, foi só eu olhar para o lado direito que o coração deu uma acelerada ! A segunda Esplanada na verdade era um raríssimo Chrysler Regente 2 faróis !


Enlouqueci quando vi aquela tampa traseira lisa, sem frisos, apenas com as letras REGENTE ... Já deu para ver que já era um Regente Chrysler ... Os Regentes Simca tinham as letras SIMCA na tampa traseira ...

O carro era vermelho e ainda com pintura de fábrica, obviamente tostada pelo sol e pelo musgo. O carro era surpreendemente liso e completo de detalhes ,,, As laterais praticamente não tinham ferrugem .... Em compensação o assoalho do porta malas desapareceu !!

Dei a volta nele e a plaqueta de identificação comprovou que já era um Chrysler ...


Mais tarde, em casa, pela numeração de chassi descobri ser um Regente 68 fase 1, ou seja, ainda 4 faróis ... Os Regente / Esplanadas 4 faróis só chegaram ao mercado em Abril de 1968, ou seja, esse era um carro do primeiro trimestre de 1968 ...

Exatamente como o que aparece num folder de época que tenho no acervo aqui :

Frente 2 faróis e placa 1968 !


Imediatamente me veio uma idéia na cabeça ... Comprar os dois carros e salvar o Regente ... O Esplanada 1969 seria doador de peças tanto para a montagem da GTX Azul Le Mans como para salvar o Regente ... Conversei com o Jeferson num canto que topou a encrenca ... Conversei com o neto do antigo dono dos carros que me fez um preço justo no casal ....

Uma pequena operação logística se fez necessária para se retirar os carros de lá ... Mas deu tudo certo ...

Comecei a garimpagem pela peças faltantes do Regente, e os pacotinhos já estão chegando em casa por Sedex ...

Par de molduras das lanternas traseiras 0km, compradas do Cuti


Consegui também um interessantíssimo folder que anunciava que o Regente e Esplanada passavam a ser Chrysler ... Para aguçar ainda mais as lombrigas, o Regente que aparecia na foto era justamente um vermelho, como o nosso recém adotado !!

Folder apontando algumas das mudanças externas que a Chrysler fez nos carros ...

Close no Regente ... Muita coincidência, não ??


Acredito que muitos devam se perguntar por que diabos eu vou perder tempo e gastar dinheiro restaurando um carro desses, que nem um Chrysler puro sangue é ...

A resposta é que trata-se de um carro muito interessante, muito raro, com muitos detalhes exclusivos ! É um pedaço da história que precisa ser preservado ! 

Um carro único, desenhado no Brasil, a partir de uma base de um carro francês feito sobre um Ford e fabricado pela Chrysler !!! E com motor de Hot Rod dos anos 50 !!! Quer algo mais inusitado, exclusivo e interessante do que isso ??? Eu adoro !!!

Que eu tenha energia e paciência para completar a obra ... 

Mas coincidentemente até o ângulo da foto do Regente que eu tirei coincide com o ângulo da última foto que tirei do GTX bronze turbina. Forçando um pouco a barra dá para imaginar um "Antes e Depois" bastante motivador !!!



Para completar a coincidência, meu amigo Paollucio, que também tem me ajudado com as restaurações das GTX, recentemente comprou um Regente 67 para restaurar ... O dele é Simca, o meu é Chrysler ... Ou seja, vamos correr juntos atrás dos detalhes e, quem sabe, terminar os carros meio que ao mesmo tempo !!!

Divertido demais não ?

Abraços,

Badolato













20 comentários:

  1. Gostei da história ,parabéns e boa sorte....

    ResponderExcluir
  2. Badola, fico muito feliz de ter ajudado no salvamento de mais uma raridade. Esse carro ainda vai calar a boca de muita gente quando estiver pronto e um pedaço da historia do Sr. Vico Cunha vai estar escrita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu !! Muito Obrigado !!

      Então esse era o nome do sujeito, Vico Cunha !!

      Vamos salvar !!!

      Abraços

      Excluir
  3. Badolato. Obrigado pela menção ao post. Precisando de alguma coisa, só avisar. Também o MOPAR CLUBE BRASIL foi criado com este objetivo de ajudar e preservar, conte com o clube.

    Lucas, parabéns pela iniciativa.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. boa sorte na empreitada!!sou de Itapira, e conheço esses carros, até estive nesse local ha algumas semanas...sempre achei que esse Regente não tivesse mais recuperação...mas pelo jeito tera um final feliz, parabens pelo resgate dessas raridades..

    ResponderExcluir
  5. Oxi...eu nem posso por os pés num lugar desses, capaz de ficar depressivo por querer adotar todos esses órfãos e levar pra casa...realmente incrível essa tampa do regente, parece um último suspiro do carro, uma última cartada dele na tentativa de ''se mostrar'' e ser salvo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa tampa do Regente foi o sinal de Socorro que ele estava pedindo ... kkkk

      Abraços

      Excluir
  6. Badolato, não havia melhores mãos para esses carros! Os conheci em 2001 quando procurávamos peças para fazer a Chambord 62, mas já naquela época a Regente estava em péssimo estado e dono pedia bem caro por ela, preço de "relíquia".

    Abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gui,

      Valeu !! Vamos ver o que dá para fazer !!!

      Abraços

      Excluir
  7. agb,
    renovamos parabéns pela corajosa iniciativa, importante para preservar registro importante de nossa particular indústria.
    para colaborar, o chassi r 54922 foi produzido no primeiro ou segundo dia útil de junho de 1967. o regente, você sabe, nascera em abril.
    sucesso nasser

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nasser,

      Suas informações são sempre preciosas ...

      Em algum lugar do antigo forum SIMCA, eu anotei uma informação, que acho que você quem postou, de que a mudança de 2 para 4 faróis tinha acontecido por volta do chassi 55.130.

      Se a entrada da linha 4 faróis foi em Abril de 1968, e esse carro é 200 carros antes disso, presumi que ele tivesse sido produzido no primeiro trimestre de 1968.

      Por favor, me confirme estes números para que eu possa fazer as devidas correções no meu texto

      Abração,

      Badolato

      Excluir
  8. Parabens pela iniciativa Badolato !!!
    Emocionante saber q esse icone nacional voltara em grande estilo.
    Sucesso na nova empreitada...

    ResponderExcluir
  9. Alexandre, gostaria de te dar uma sugestão: por que você não digitaliza essas propagandas do Regente e do Esplanada? há um site chamado propagandas de carros e ele resgata a memória das propagandas de carros como os da Chrysler, Simca, VW, Willys, Vemag e outros, incluindo centenas de propagandas inéditas. o endereço é http://www.propagandasdecarros.com.br

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela iniciativa e a história é muito boa, acompanho seu trabalho e acho incrivel o que faz. Moro no Rio Grande do Sul e conheço uma explanada que esta abandonada, posso tirar umas fotos e ver quanto o dono quer, se te interessa.

    ResponderExcluir
  11. Essa história é simplesmente espetacular!Quem ama carros antigos,vibra com cada palavra descrita neste relato.Eu amei e vibrei muito com tudo isso.
    Parabéns pela garra e competência!!!

    ResponderExcluir
  12. favor informar onde posso encontrar a cor Bronze Turbina citada na reportagem que cita o modelo GTX

    ResponderExcluir